De que serve um livro sem figuras…

Postado por Mila Orrico

No país das maravilhas, por ser uma criança, Alice pensa assim pois não vê utilidade em algo que não seja prático… no primeiro capítulo sua inteligência ainda é rudimentar, ingênua. Por isto é imediatista, desejar ver e ter logo, sem precisar dos recursos da imaginação e do raciocínio, que cria à medida que a inteligência se expande, o que ela acaba descobrindo no decorrer do livro.

As mentes infantis não estão aptas a fazer o esforço de pensar. Por desejarem o prazer imediato, sem questionamentos, é tão fácil manipular, iludir e corromper as crianças, e também toda uma nação que não sabe, ou não quer, ler um livro sem figuras.

Eles não sabem o que perdem quando se negam a entregar-se aos deleites da própria imaginação, que nos dá a convicção e nos faz acreditar que tudo pode ser diferente, se quissermos.

Qual é o uso de um livro, pensou Alice, sem figuras nem diálogos? – Lewis Carroll

Um livro sem figuras nos oferece um caminho para encontrar em nossa própria mente o conjunto de imagens tridimenssionais para associar ao que se está lendo. Ele nos permite ter a nossa própria versão, mas para isso é preciso o esforço de pensar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s